CRI volta a ser atraente

Com menor PIB brasileiro desde 1999, 0,1% em 2014, o ano de 2015 caminha para apresentar uma retomada para as captações de recursos financeiros para créditos imobiliários. Com a poupança em baixa e o arrocho dos financiamentos bancários, os CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários) voltaram a ser atraentes para os principais incorporadores e investidores do país. “Várias empreiteiras estão partindo para o financiamento próprio para auxiliar na venda de seus estoques e os CRIs vêm ao encontro desta tendência”, afirma Paulo de Paula Abreu, diretor de relações com investidores e presidente da Barigui Securitizadora.

Segundo o executivo, os CRIs são hoje responsáveis por pouco menos de 10% do mercado imobiliário e devem, a partir do segundo semestre, apresentar grande evolução. “A redução nos volumes aplicados em poupança, principal fonte de recurso imobiliário no país, em quase R$ 40 bilhões só no primeiro semestre, deve conduzir o mercado de construção civil de volta às aplicações em CRIs, como aconteceu, principalmente, em 2009/2010”.

Securitização

Securitizar é transformar direitos creditórios – como os provenientes de contratos de compra e venda, contratos de locação ou outros – em títulos negociáveis no mercado. A securitização imobiliária pode ser estruturada em diferentes formatos. Em uma possível forma, o processo se inicia com um financiamento imobiliário, em que determinado cliente assume a obrigação de uma dívida. Essa dívida origina direitos creditórios à instituição financiadora que, por sua vez, cede a uma companhia securitizadora para estruturação de um CRI.

Barigui Sec

Com início de suas operações no final de 2013, a Barigui Sec fortaleceu a sua marca no ano passado, movimentando mais de R$ 3,0 bilhões entre dezembro de 2013 e dezembro de 2014. Estes números fizeram com que a Barigui Sec ocupasse o primeiro lugar por número de operações e o terceiro lugar por montante emitido nos rankings de 2014 da Uqbar. A Barigui Sec faz parte do Conglomerado Financeiro do Grupo Barigui, que hoje ocupa a liderança no segmento de revenda de veículos multimarcas e seminovos no Sul do país e é uma das maiores operadores da área no Brasil.

Fonte: Portal Maxpress 

Este site usa cookies e outras tecnologias que ajudam a personalizar o conteúdo de acordo com nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.